A EPAR – Escola Profissional Almirante Reis, foi fundada no dia 2 de novembro de 1992 e sempre se assumiu como uma instituição de cariz humanista e profundamente defensora dos valores europeus, valores esses que transpõe para a sua prática educativa.
São, neste contexto, pilares da sua identidade, o respeito pelos direitos humanos, a inclusão, a paz e a solidariedade, a justiça e a liberdade, a segurança, o desenvolvimento sustentável e a igualdade de oportunidades.

 

A EPAR – Escola Profissional Almirante Reis, integra desde 2017, o Grupo Ensinus, cuja missão se centra em contribuir para a elevação e melhoria dos níveis de qualificação escolar e profissional de crianças, jovens e adultos, através do desenvolvimento de iniciativas e projetos de educação, investigação, formação e consultoria, que constituam uma referência de credibilidade, inovação e sustentabilidade ao nível social, ambiental e económico.

 

Rumo ao objetivo de constante melhoria, a nossa instituição tem como princípios chave: a pessoa, a equipa, o conhecimento, a participação e a valorização da aprendizagem, a diversidade, a igualdade de oportunidades, a tolerância, a democracia, a solidariedade e a abertura à sociedade.

 

Estes princípios-chave são o ponto de partida para a sua matriz identitária que se traduz na prossecução dos seguintes objetivos:
– Promover a formação integral dos jovens e a sua inserção profissional, estimulando o seu espirito criativo e sentido crítico;
– Promover o trabalho em equipa e a formação cívica e ética dos alunos e alunas;
– Potenciar o melhor de cada jovem através da fixação de objetivos individualizados e de metas que conduzam à sua valorização pessoal;
– Ser uma escola inclusiva e multicultural que encara os fatores diferenciadores como enriquecedores do coletivo da sua comunidade educativa;
– Promover a inserção da escola no meio envolvente, em variados contextos: empresarial, laboral, social e cultural;
– Envolver toda a comunidade educativa nas atividades e no funcionamento da escola.

 

Com instalações provisórias na Freguesia da Penha de França, fixar-se-á em definitivo no ano letivo de 2018/2019 na freguesia de Arroios, uma freguesia dinâmica e multifacetada no coração de Lisboa, que, entre os seus 40 mil habitantes, alberga cerca de 92 nacionalidades.

 

Neste espaço geográfico singular, coexistem moradores, escritórios, sedes de empresas multinacionais, diversas infraestruturas públicas e importantes unidades hoteleiras de várias tipologias que albergam um crescente número de visitantes, atraídos quer pela gastronomia de todo o mundo, quer pelo património arquitetónico, que mistura Art Déco com Modernismo, em suma, pela atratividade do seu território multicultural e cosmopolita.